17.3.12

Hierarquias cósmicas

Hierarquia Angélica

Basicamente atua nos planos espirituais, sendo ainda pouco conhecida pela Humanidade Terrestre. Ela constitui um setor da Hierarquia Dévica. Entre suas funções está a de transmutar a carga espiritual negativa do mental e do emocional, harmonizando até o plano etérico da Terra. Há camadas desta Hierarquia que zelam por toda uma nação.
Seu grande foco centralizador se encontra em Lis (Veja o link no final do artigo) e está relacionada com a futura Humanidade Terrestre, que transcenderá como um todo.

Hierarquia Ashtar
Nós já falamos bastante em outros artigos, como Comando Ashtar: Missão e propósitos (Veja o link no final do artigo).
Mas podemos dizer que se trata de uma Hierarquia Crística. É fonte de instrução da humanidade. Em épocas passadas se revelou sob o aspecto dos Arcanjos, mas hoje não se restringe mais à forma alguma.
Está diretamente ligada à Missão Resgate dos seres do planeta.
O centro de irradiação desta Hierarquia se encontra em níveis extraplanetários; é situada em Siriús, que é o centro da irradiação Crística na Terra

Hierarquia Crística
Expressa a energia cósmica do segundo raio, e é também chamada de Energia Crística (amor-sabedoria). No que se refere à evolução neste sistema solar, tem na Fraternidade de Sírius a maior representatividade.
A vida central desta hierarquia, é chamada de Cristo, que, apesar de estar na menor partícula do Universo, ainda é desconhecida para os humanos.
Dedica-se à instrução e é o caminha de volta à casa do Pai. Nas palavras de Jesus: Ninguém vai ao Pai, sem antes passar por mim.
A Hierarquia Ashtar faz parte desta Hierarquia.

Hierarquia da Instrução
As Hierarquias que formam e instruem a consciência humana podem ser Solares, galácticas ou planetárias.
Atualmente, se dedicam mais ao fortalecimento e amadurecimento da alma e da conexão que ela faz com os níveis mais internos do ser.
Os seres possuem um vínculo, até mesmo carmático com o planeta em que vivem. Mas existem vínculos que estão além de suas capacidades e aí, as Hierarquias solares entram para auxiliar o desenlace, através do Fogo Liberador. As galácticas, fazem a fusão da Mônada com o Regente Monádico, em estados mais avançados de evolução. As planetárias visam implantar no planeta a qualidade de vida mais avançada de outros sistemas, quer seja de mundos extra ou intraterrenos.

Hierarquia Dévica
Possui elevado grau de pureza e propicia a manifestação de vida. Trabalha com as vibrações, por isso também é chamada de Hierarquia do som. Seu campo de ação vai desde os arquétipos até a matéria densa. Toda e qualquer energia manifesta, é efetuada e assistida por essa Hierarquia. Sua estrutura é escalonada. O Reino Angélico, por exemplo, é um setor desta hierarquia. Os devas impulsionam os reinos elementais que preparam as formas. Os devas não têm mente concreta nem livre-arbítrio. Ao interagirem com o homem, possibilitam sua maior integração com o mundo espiritual.
Os Devas seguem um rumo paralelo ao da humanidade e têm como principal tarefa a manipulação de substâncias; construir e derrubar imagens cristalizadas na mente plasmando moldes etéricos, que são a base do que existe no mundo manifestado.
Esta Hierarquia - em suma - estimula a elevação da consciência terrestre, a sutilização da matéria, o despertar das Mônadas dos seres humanos, o impulso para o amadurecimento do corpo de luz e a maior expressão do 7º Raio.

Hierarquia Interna da Terra
Também chamada Hierarquia planetária. É formada pelos mais altos escalões hierárquicos de consciências num determinado planeta.
É veiculada pelo Conselho Superior do planeta, que promove os propósitos determinados pelo Logos Regente para este planeta.
Estimula a evolução planetária por intermédio dos Centros que constituem os núcleos energéticos da Terra. Este trabalho é feito de modo especial pelos centros energéticos situados no Cone Sul ”Aurora” (Veja o link no final do artigo) e está presente em todos os reinos. A humanidade tem consciência de uma ínfima parte desta Hierarquia, que resumidamente, transcrevemos a seguir:

1 - Logos da Terra
2 - Cristo, Instrutor do Mundo
3 - O Sr. Do Mundo - Sanat Kumara (link no final do artigo), que dá início ao nascimento da nova civilização, à polaridade feminina da Era do Espírito Santo: A Nova Era (link no final do artigo).
4 - Os três Centros Fundamentais do planeta: Shamballa (na Cordilheira dos Andes), e mais dois na América do Sul e Central e o Centro nos Andes Peruanos
5 - Centro Regente que É A Consciência Sublime ou Melquizedec (Gênesis14-18)
6 - Os três Centros do Cone Sul
7 - Os sete centros intraterrenos que emitem energias dos Raios para toda vida na Terra (Lis, Fátima, Aurora, etc...)
8 - E os Doze grupos Internos, que incluem iniciados, Discípulos e a Humanidade que já possui o novo código genético.
A Grande Fraternidade Branca Universal faz o elo entre os mundos físicos e os etéricos, dentro de nosso sistema solar.

Na verdade, ainda poderíamos falar de outras Hierarquias, mas é um assunto muito complexo e longo. Hoje, só quis introduzir o conceito das Hierarquias, para que como células importantes, porém minúsculas no Universo, tenhamos humildade para desempenhar a contento nossas tarefas rumo à evolução.
Muita Luz!

Vera Helena Tanze
Postar um comentário