19.3.12

Começa o novo ano solar


No próximo dia 20 de março de 2012, às 02h14min (Hora Oficial do Brasil) inicia o Ano Novo Solar, fato que marca o inicio do Outono no nosso hemisfério e da Primavera no hemisfério norte. Esse momento é chamado de Equinócio pois indica o momento em que o Sol se encontra equidistante dos dois hemisférios, exatamente sobre a linha do Equador Celeste. Lembremos também que o Novo Ano Solar não coincide com o ano novo do calendário Gregoriano, (que o faz iniciar em 1º de janeiro), mas é baseado no real caminho que o Sol percorre durante os doze meses ao longo da Esfera Celeste. Quando falo em ‘caminho do Sol’, entendo o deslocamento que o Sol faz, aparentemente, em torno da Terra.

É fato que vivemos num mundo em transformação, assistindo diariamente a grandes perturbações políticas, econômicas e sociais. Não podemos portanto não pensar que estamos numa fase de reciclagem em que a humanidade se prepara para um futuro renascimento. Os ciclos (ou as Eras Precessionais) se sucedem umas as outras. A Era de Peixes está terminando enquanto a Era de Aquário está se iniciando. Neste momento, porém, estamos no ‘outono’, entre os dois ciclos. Nem bem um terminou e já se anuncia o outro. Os dois se sobrepõem durante algumas centenas de anos causando perturbações e nos obrigando a preparar rapidamente novos modelos sociais para substituir os velhos que já não servem mais. A economia busca novos modelos, a família busca novos modelos, a organização social busca novos modelos, mas teremos criatividade suficiente para encontrá-los? Teremos determinação suficiente para implantá-los?

Eu sou uma pessoa otimista por natureza e creio firmemente que nossa humanidade está sendo guiada para um salto de qualidade. Creio firmemente que aqueles que forem capazes de buscar formas alternativas de vida, enveredando num caminho de espiritualidade, altruísmo e cooperação mutua terão a felicidade como destino final.
Consideremos esse momento astral como sendo um momento de transição e interiorização e colheremos então novos frutos quando o Sol voltar para o nosso hemisfério.

Graziella Marraccini
Postar um comentário