1.5.09

TRANSBORDANDO NA CHEIA LUMINOSA DO CORAÇÃO


Transbordando na Cheia Luminosa do Coração

Quando o olhar fica dourado,É porque o coração está transbordando de amor.A luz sobe do peito para os olhos,Que se transformam em sol.E a luz olha as coisas como ela mesma,Porque a luz procura a luz...Assim como o amor procura o amor...E isso não se explica, só se sente...A luz também dança, no olhar.E nas pistas secretas do coração.Ela escuta uma canção perene, Que está em todas as coisas.E que cria as estrelas e os orbes, no infinito da vida...Essa é a luz que mora no coração.Não dá para vê-la por dentro.Mas dá para senti-la em espírito e verdade...Está além das emoções e da análise da mente.Está além da ilusão das formas e posses físicas.O amor real não mata a vida nem escurece a visão.Ele procura a luz, para aumentar o seu brilho.E a luz procura o amor, para clarear sua jornada.E tudo acontece... Iluminando, iluminando, iluminando...Isso não tem tempo, só acontece, como deve ser...Quem ama, sabe.Pois, se o amor procura o amor, É porque a luz também procura a luz.E, quando eles se encontram, tudo vira sol!E aqui eu me calo, pois que palavras poderiam fazer jus a algo assim?Não, não dá para dizer mais.Isso só se sente...
P.S.: “Há uma luz que brilha maisDo que bilhões de sóis juntos.É a essência da alma.Essa é a luz que mora no coração.”

Wagner Borges
Postar um comentário