16.4.09

LUZ NOS PÉS, MENTE LIVRE




Luz nos pés, mente livre



“Por favor, preste atenção a seus pés.É por eles que a energia planetária entra em seu corpo físico.Ao mesmo tempo, por eles suas tensões e suas cargas psíquicas densas escoam para o solo.Outra coisa: as formas mentais que se referem ao seu corpo gravitam em torno da aura de suas pernas e pés. Da mesma maneira que as formas mentais referentes aos seus climas psíquicos – mentais e emocionais – gravitam respectivamente em torno das auras de sua cabeça e peito.Voltando à questão dos seus pés, é neles que se acumulam as energias densas do desânimo e do cansaço. Além de suportar o seu peso físico, eles também seguram a barra de sua baixa auto-estima relativa ao corpo.Pondere: você costuma dar atenção aos seus pés - ou mesmo banhá-los na luz, durante suas práticas espirituais?E costuma projetar pensamentos e sentimentos amistosos para eles?Pois é, a partir de agora, pense nisso.Envolva seus pés numa atmosfera luminosa e permita que eles relaxem dentro da luz visualizada por você. Escolha uma cor suave, da qual você goste muito, e envolva-os nela, com respeito e amizade. Trate deles, ternamente.Ocasionalmente, se sentir necessidade, mergulhe-os, por um tempo, num recipiente contendo água com sal grosso – ou simplesmente caminhe um pouco com os pés submersos na parte rasa da água do mar, ou de algum rio ou lago, se isso lhe for possível. Também é bom mergulhá-los na água com pétalas de flores.Independentemente do método escolhido, pense nisso.É muito fácil visualizar luz suave envolvendo os pés. Não é necessária nenhuma especialidade mediúnica ou iniciática para isso. Basta querer, e realizar.Esse procedimento amistoso com seus pés é capaz de aliviar o cansaço e de soltar antigas tensões psíquicas – muitas vezes, cristalizadas desde a infância -, pois é na aura dos pés que gravitam as coisas antigas relativas ao relacionamento da consciência com seu corpo carnal.O corpo é o veículo denso pelo qual a consciência espiritual estagia no planeta. Precisa ser tratado com respeito e carinho.Cada consciência reencarnada é devedora da Mãe Terra, que lhe empresta o envoltório denso por um tempo de aprendizado. Portanto, é questão de educação do espírito agradecê-la e honrá-la, cuidando bem do veículo emprestado.Então, realize sua parte: agradeça e honre seus pés. Abençoe-os na luz de sua amizade. E descanse com eles. Vale a pena.Sem tantas cargas psíquicas aderidas neles, você perceberá que todo o corpo relaxa melhor. O efeito disso é que a mente e o corpo emocional também ficam mais leves.Pondere, agora: com o conjunto de seus corpos sutis mais leve, fica mais fácil viajar espiritualmente. Ao agradecer à Mãe Terra, você ficará mais leve para ir ao Pai Espaço, em espírito e sutileza. Além disso, também deixará para traz um peso a mais, pois quem agradece se livra do fardo da arrogância, que é a rainha de todas as cangas. Que seus passos sejam leves, e seus vôos espirituais também.”
Postar um comentário